Culinária Regional

GASTRONOMIA PORTUGUESA


SARDINHAS ASSADAS NA BRASA

Ingredientes:

•1 kg de sardinhas
•Sal grosso a gosto

Preparação:

Duas horas antes de as confeccionar, ponha-as num alguidar escorredor e salpique-as com abundante sal grosso.
Prepare as brasas do seu fogareiro e aqueça bem a grelha (isto é muito importante para que o peixe não fique colado à grelha), colocando-a a uma distância de cerca de 5 cm das brasas.
Sacuda ou se preferir passe as sardinhas por água corrente (dentro do escorredor) e disponha-as na grelha. Asse-as bem dos dois lados (dependendo das brasas do seu fogareiro +/- 3 minutos de cada lado).

Se as brasas se incendiarem com a gordura soltada pelas sardinhas, não deite água; levante apenas a grelha e espere que o fogo se apague.

Retire as sardinhas para uma travessa e acompanhe com Saladas de Batatas e Orégãos.

 

 

GASTRONOMIA DA NOSSA REGIÃO

Caldeirada à Setubalense





Ingredientes:
Para 6 pessoas

•2,5 kg de peixes vários: eiroses, charrocos, salmonetes, robalos, sardinhas, lulas, tamboril, etc. ;
•3 cebolas grandes ;
•800 g de batatas ;
•2 pimentos ;
•4 tomates maduros ;
•1,5 dl de azeite ;
•2 cravinhos ;
•sal e pimenta ;
•4 colheres de sopa de massa cortada (cotovelos)

Confecção:

Cortam-se as cebolas às rodelas finas e colocam-se no fundo de um tacho de barro.
Dispõem-se por cima as batatas cortadas aos quartos, os pimentos às tiras e o tomate picado.
Tempera-se com o azeite, os cravinhos e um pouco de pimenta.
Tapa-se e leva-se ao lume, sem mexer, mas agitando o tacho de vez em quando.
Entretanto, preparam-se os peixes e cortam-se os maiores aos bocados.
Quando as batatas estiverem quase cozidas, introduzem-se os peixes no tacho em camadas, devendo as sardinhas ficar por cima e numa única camada.
Tempera-se com um pouco de sal, e deixam-se os peixes cozer.
Serve-se a caldeirada no próprio tacho em que se cozeu e sem nunca ser mexida, tendo o cuidado de distribuir pelos pratos todas as espécies de peixe.
Enquanto se come a caldeirada, acrescenta-se um pouco de água ao caldo que ficou e que se passa por um passador, esmagando os bocados de batata que tenham ficado.
Leva-se o caldo ao lume e, quando ferver, introduzem-se quatro colheres de sopa de massa cortada (cotovelos).

 

 

FOLAR DE PÁSCOA

Receita de Folar de Páscoa

Ingredientes:

• 1 kg de farinha
• 30 gr de fermento de padeiro
• 1 dl de água morna
• 400 gr de açúcar
• 2 ovos
• 2,5 dl de leite quente
• 50 gr de manteiga
• sal
• raspa da casca de 2 limões
• ovos cozidos com casca de cebola

Confecção:

Peneira-se a farinha para uma tigela, faz-se uma cova no meio e deita-se aí o fermento esfarelado que se rega com água morna.
Cobre-se o fermento com um pouco de farinha, envolve-se a tigela num pano de flanela ou cobertor e deixa-se levedar cerca de 15 minutos.
Depois, mistura-se a farinha com o fermento, juntam-se o açúcar, os ovos, um a um, mexendo sempre, e o leite morno, no qual se derreteu a manteiga, o sal e a raspa dos limões.
Amassa-se tudo vigorosa e longamente.
Abafa-se a massa novamente e deixa-se levedar perto de uma fonte de calor pelo menos 2 horas.
Dá-se uma forma redonda à massa.
Dispõe-se em tabuleiro, deixando o folar crescer.
Na altura de ir ao forno, enterram-se os ovos cozidos na massa (um, dois, ou três).
Leva-se a cozer em forno bem quente (220ºC) durante 15 a 20 minutos.

 

 

 

[Voltar]